funil de vendas

Funil de Vendas – Conceito e Dicas

Funil de Vendas – conceito e dicas

Funil de vendas, também conhecido como pipeline, que é uma visão sob uma perspectiva da empresa, uma análise interna que visualiza em qual fase o potencial cliente se encontra.

É possível compreender todo o processo, desde o primeiro contato com a empresa até o momento de compra. Sendo assim, existe a necessidade da equipe de vendas estar em sintonia com o time de marketing para que haja o planejamento de ações conjuntas e a transformação de um lead em cliente.

O funil de vendas também possui relação direta com a jornada de compra que define os perfis dos potenciais clientes.

São basicamente 4 etapas:

  • Visitantes;
  • Leads;
  • Oportunidade; e
  • Vendas.

O topo de funil é quando a pessoa ainda é um visitante, é um processo de conscientização, ou seja, descobre-se que possui a necessidade de consumir aquele determinado produto ou serviço e busca mais informações sobre ele.

Por isso é interessante ter materiais e conteúdos que agreguem, que gerem valor, como por exemplo redes sociais abastecidas de dicas, um e-book ou infográfico.

Para acessar algum desses conteúdos, deve solicitar os dados do visitante para que assim ele seja considerado um lead.

A partir do momento que este visitante se torna um lead, é fundamental estreitar os relacionamentos, tendo mais interações. Assim, é possível analisar melhor quais são as objeções e dores que devem ser supridas para que em um momento posterior de compra, a pessa esteja mais segura e com todas as dúvidas sanadas.

Nesta etapa é importante não focar exclusivamente em vendas, é a hora de continuar gerando os conteúdos de valor e entender a fundo o perfil do potencial cliente para conseguir adequar o produto ou serviço às suas necessidades.

[et_bloom_inline optin_id=”optin_3″]

Depois de firmada a relação, estabelecida a confiança e ser reconhecido como autoridade em seu negócio, as oportunidades de oferta acontecem de forma natural. É um processo que deve ser feito gradualmente, não deve ser realizada a oferta logo cara.

De forma prática, podemos imaginar que vai iniciar gerando uma antecipação de que algo está por vir e depois mesclar geração de conteúdo com um pouco de informações da oferta, por fim quando já estiver bem afunilado, aí sim é feita a oferta de forma massiva e com o maior número de informações possível.

É preciso que nesse último momento sejam exterminadas toda e qualquer objeção e dar todo o suporte com relação a pagamento e garantias.

Não se esqueça de em todos os passos utilizar técnicas de gatilhos mentais e copywriting.

Esta análise é fundamental para qualquer tipo de negócio, pois não devemos ficar presos à métricas, como quantidade de pessoas que visitam seu site ou quantidade de leads na sua lista. Ter um controle numérico é importantíssimo, mas deve também conhecer as reais necessidades do seu consumidor.

O mundo online oferece cada vez mais informações e as pessoas vão mudando a maneira de pensar e consequentemente os seus desejos, sendo assim é necessário que as empresas estejam ligadas e consigam se adequar a nova realidade.

O funil de vendas possui vários benefícios como:

  1. Aumento de produtividade
  2. Possibilidade de projeção dos resultados
  3. Gestão acertiva baseada nas projeções
  4. Consegue lidar melhor com as oportunidades
  5. Facilita no desenvolvimento de outros produtos

Portanto, aproveite esse modelo e aplique ao seu negócio.

Nós da 77 Digital Marketing esperamos que tenha gostado do conteúdo. Fique ligado aqui no blog e no nosso Facebook que iremos postar muito mais artigos como este.

1 comentário em “Funil de Vendas – Conceito e Dicas”

  1. Pingback: Os termos de marketing digital que você precisa conhecer - 77 Digital Marketing

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *